quinta-feira, 4 de agosto de 2011

Destino de mulher



    Em todas as manhãs, nada de nenhum daqueles compromissos de madame. E sem  reclamação.  Os cabelos sempre mal arrumados, as unhas por fazer, mas a roupa sempre limpa e bem dobrada nas gavetas.  Nada de trabalhar fora de casa, pois as reuniões com os pratos e o espanador devem lhe consumir boa parte de tempo. Sem falar nas viagens a negócios ao supermercado, e nas metas a cumprir na arrumação do lar.  Como se não bastasse, ao entardecer ensinar matemática aos filhos, banha-los para o jantar e ainda mantê-los sob controle.  Ao beijar da noite, finalmente a esperada hora da novela. Lá pras tantas, receber o marido e, reunir a família na sala para ouvir o boa noite do moço do jornal, quase como uma benção. Para fechar as atividades ser feminina e doce. E ainda dizem por ai que Amélia é que era a mulher de verdade, vê se pode!?

Nenhum comentário:

Postar um comentário