terça-feira, 6 de julho de 2010

...



Confesso, é bem mais inspirador escrever em guardanapos, porém nesse momento essa ferramenta não está ao meu alcance. Então desfrutando de um momento de parcial saturação mental descarrego nessa pobre página virtual meus sinceros desejos de destruição. A inércia de me manter escrevendo vai me deixar mais tranqüila. Porque a questão aqui não é bem “vida pessoal”, é algo bem mais objetivo do que se parece, tipo assim: primeiro você nasce, tira trilhões de fotos, sorrir, anda, chora...e do nada já tem 3 anos e seus pais te jogam numa escola(mais precisamente numa sala de aula) com criaturas bem mais estranhas que você, que babam e tem pensamentos e desenhos estranhos. Passada essa fase você começa a escrever seu nome e assim se diferencia do resto dos animais, tornando-se racional. O ensino fundamental, meu Deus, que fase linda, seus dentes caem, você vira um superdotado e aprende a dividir. Acredite e aproveite, depois disso a matemática nunca mais ira se encaixar com tal facilidade em sua mente. Doido! O ensino médio, nessa época você é simplesmente o Maximo, já tem Orkut, né? E ai minha desgraça, o pré-vestibular? Mais já? Tava tão bom, agora na minha pobre mente existe um misto de vontade de gastar horas estudando, juntamente com a vontade de cozinhar sua vida em uma grande panela e bebe – lá pra ver se ela me dá uma luz, ou qualque tipo de solução. Espero ansiosamente que um dia todos os meus desejos tornencem realidade, enquanto isso eu sonho em passar nessa merda de vestibular.

Por fim, deixo uma frase para reflexão:

...sabe de uma coisa, num vou deixar não !

Tediosamente,

Ana Luiza Paz

2 comentários:

  1. Devorar palavras é o que gostaria de fazer nesse momento! Porque tal leitura desliza por minha lingua e se solta aos meus internos ouvidos, onde só eu escuto.E conesso-lhe que não me sacia. Pois é gosto!

    ResponderExcluir
  2. Sinto-me incapaz de por somente um genérico gostei. As vezes fico perplexo com a identificação que tens com as palavras. E com certeza espero ler muito mais posts aqui.

    ResponderExcluir